Apostas de Futebol com Betway

Lionel Messi e Luis Suarez decidem para o Barcelona sobre o Celta

Uma noite que começou como uma tarefa difícil para o Barcelona terminou em um festival de gols Catalão graças a duas apresentações surpreendentes de Lionel Messi e Luis Suarez contra o Celta em um placar final por 6-1.

Ambos os jogaores já estavam na súmula no minuto 81, quando decidiram levar as coisas um passo adiante, produzindo o que certamente ficará como um dos grandes momentos do Barça. Depois de um pênalti diferente, com o placar em 3-1, Messi escolheu não chutar, ao invés disso fez um passe lateral para Suarez , que foi rápido para marcar. Foi uma homenagem perfeita no Camp Nou para a lenda Johan Cruyff, que ficou famoso por fazer uma jogada semelhante durante seus tempos de jogador.

Esse momento mostrou a impossibilidade de conter os dois atacantes, seus gols e assistências desfizeram o bom trabalho de equipe do visitante Eduardo Berizzo, que estava empatado com Barcelona em 1-1 por um período após uma grande penalidade convertida por John Guidetti. Com o goleiro Claudio Bravo muito bem o Celta não conseguiu transformar em gols seus melhores períodos, e, como é frequentemente o caso, foi punido pelo Barça.

Avaliações dos jogadores (1-10; 10 = jogadores que entraram após 70 minutos não tem classificação.):

Goleiro, Claudio Bravo, 8 – Sem as defesas do chileno o Barça teria se dado mau no primeiro tempo, com chutes de Carles Planas e Claudio Beauvue particularmente impressionantes. Conseguiu mergulhar no lado certo na cobrança de pênalti de Guidetti, mas a força do chute não o deixou chegar a tempo, e uma vez que Barça estava de volta na frente, no segundo tempo, fez uma excelente defesa em um contra ataque rival.

Lateral, Dani Alves, 3 – Não foi a primeira vez que o veterano foi muito passivo na defesa, bem como a imprecisão em suas subidas ao ataque. Merecidamente substituído por Aleix Vidal; logo perderá a titularidade se não melhorar.

Zagueiro, Gerard Pique, 5 – Tendo em conta o começo difícil com Guidetti, que regularmente o perturbou e até mesmo deixou-o no chão em uma ocasião, mas melhorou um pouco mais tarde no jogo depois das substituições do técnico Luis Enrique.

Zagueiro, Javier Mascherano, 5 – O estilo explosivo do Celta foi mais rápido que o zagueiro do Barça . O argentino foi útil na bola longa mantendo a equipa visitante ameaçada com a longa passagem, incluindo uma bola que poderia ter sido uma assistência caso Neymar fosse um pouco mais rápido.

Lateral, Jordi Alba, 5 – Assim como o resto da defesa do Barça, foi uma noite de contrastes para o catalão, que derrubou Guidetti na área aos 38 minutos, depois perder a bola para o sueco, mas melhorou gradualmente quando o meio campo do seu time ganhou mais controle.

Volante, Sergio Busquets, 6 – Grande parte da estratégia do Celta foi manter ocupado o meio-campista que limitava a sua influência nos primeiros 20 minutos, mas quando ele começou a ganhar mais espaço aliviou o Barcelona. Sem a bola, foi muito bem, como de costume, provando estar um passo à frente dos adversários.

Meia, Sergi Roberto, 4 – mostrou algumas boa passagens e um toque que perturbou o Celta no início, mas um grande erro permitiu que os galegos mudassem os números, e sua atuação foi por água abaixo. Como a contagem de erro cresceu, Luis Enrique colocou Ivan Rakitic para substituí-lo.

Meia, Andres Iniesta, 7 – O capitão tem o hábito de ganhar a bola de forma limpa e atacar em seguida, liberando o ataque do Barça de forma eficaz, ele foi muito útil quando ficava mais perto de sua própria área para defender. Retirado sob aplausos no minuto 77, após uma mudança difícil.

Atacante, Lionel Messi, 10 – Marcou o primeiro gol de falta, deu o passe para o segundo e em seguida fez a maior parte do trabalho para o terceiro enfiando um passe preciso para Neymar pela defesa do Celta. Incrivelmente, o No. 10 não tinha terminado ali, sofreu um pênalti em cima de Jonny, e a maneira como ele cobrou foi impressionante, o toque para Suarez finalizar foi um momento de genialidade.

lionel_messi-neymar-Luis_suarez-barcelona-futebol_espanhol-campeonato_espanhol-la_liga-1
O pênalti a la Cruyff foi a cereja do bolo na vitória do Barcelona

Atacante, Luis Suarez, 10 – Outra semana, outra exibição perfeita. O uruguaio foi um problema para Celta, mesmo quando o time da casa não estavam jogando bem. Quando o Barça estava jogando bem, ele ajudou a finalizar o placar com um chute letal. Marcou seu primeiro gol com um belo passe de Messi, despachou seu segundo ao chegar com um timing perfeito ao ver a tentativa de Neymar em cima da linha, em seguida, completou um hat-trick com pênalti em homenagem a Cruyff. Ele ainda encontrou tempo para ajudar para Rakitic e Neymar. Perfeito.

Atacante, Neymar, 8 – Surpreendentemente impreciso no primeiro tempo, mais o brasileiro foi melhor no segundo, montando desafios, criando chances e sacudindo a bola por cima da cabeça de um defensor, para a alegria do Camp Nou. Seu drible impiedoso sobre Sergio deixou Suarez livre para tocar para uma rede vazia no terceiro gol do Barça.

Substitutos:

Meia, Ivan Rakitic, 6 – A entrada do croata coincidiu com o Barcelona finalmente tomando conta do jogo, sua disciplina tática é importante para a equipe. Proporcionou um raro momento no centro das atenções quando ele levantou a bola sobre Sergio para marcar o quinto gol do Barça.

Lateral, Aleix Vidal, 6 – O catalão correu muito mais do que Daniel Alves e estava sempre pronto para fornecer alguma cobertura defensiva necessária na outra ponta também.

Meia, Arda Turan, Sem nota – fez uma participação especial para dar descanso a Iniesta.

Other Articles

O brilhantismo do Barcelona

Leave a Reply