Apostas de Futebol com Betway

Milan não se recupera e continua em decadência

O Milan terminou em sétimo na Serie A em mais uma temporada cheia de turbulências. Fizemos um resumo da campanha.

Temporada sem respostas

Outra campanha amargamente decepcionante e sem nenhuma novidade tem levantado mais perguntas do que respostas.

Pontos Fortes

Embora tenha havido lampejos de quão bom o Milan poderia ter sido, nomeadamente em vitórias sobre a Lazio e Inter e a vaga na final da Copa da Itália, o Milan acabou decepcionando em mais uma temporada.

Os rossoneri foram ajudados pelo fato de que eles tiveram jogos relativamente faceis até chegar a final contra a Juventus neste fim de semana. No entanto, dado que já fazem cinco anos desde a último troféu, a esperança era que eles pudessem salvar o ano derrotando os Bianconeri e ganhar uma confiança maior para próxima temporada.

Além disso, uma aparição em uma final é sempre um impulso bem-vindo e uma bela ocasião para os torcedores, enquanto o prêmio de reservar uma vaga na Liga Europa seria um bónus adicional. A vitória por 3-0 em janeiro sobre a Inter irá, naturalmente, ser considerada como o melhor desempenho e resultado da temporada, porém, é sempre agradável uma vitória sobre a Inter.

Pontos Fracos

Em campo, a derrota por 4-0 em outubro, no San Siro contra o Napoli foi sem dúvida o pior resultado da temporada. Os visitantes mostraram um abismo e deram uma aula mostrando ao Milan o quão longe ainda estavam de ser considerados uma das melhores equipas da Itália.

No entanto, a demissão de Mihajlovic em abril foi o ponto mais baixo. Em última análise, o técnico sérvio se tornou o último bode expiatório.

Estrelas

O goleiro adolescente Gianluigi Donnarumma se destacou, apesar das circunstâncias difíceis.
O goleiro adolescente Gianluigi Donnarumma se destacou, apesar das circunstâncias difíceis.

Apesar das lutas da equipe em geral, Carlos Bacca merece elogios pela produção de um retorno mais do que respeitável de 18 gols na sua primeira temporada na Itália. Em outra parte, Alessio Romagnoli foi bem ao lidar com a pressão que veio com sua etiqueta de preço e as expectativas de se tornar um pilar do futuro do Milan, enquanto Giacomo Bonaventura foi uma alegria de assistir a partir do meio da temporada.

No entanto, Gianluigi Donnarumma merece reconhecimento. Apesar do fato de que tenha apenas 17 anos, ele tem mostrado uma maturidade muito além da sua idade. Desde que foi promovido ao time titular em outubro, sofreu apenas 29 gols em 30 jogos, ficando 11 jogos sem tomar gol.

Quem é o próximo?

O primeiro objetivo do Milan será a de identificar seu próximo treinador interino, já que Brocchi simplesmente não tem feito o suficiente para justificar e conseguir o papel para a próxima temporada. Fala-se de uma aquisição de um consórcio chinês que continuará nas próximas semanas e que poderia ter um impacto significativo sobre quem vai ser o treinador e o poder financeiro que ele terá no mercado de transferências.

O Milan terá mais jogadores para negociar neste verão, com Diego Lopez, Alex, Philippe Mexes e Mario Balotelli sendo apenas alguns propensos a estar caminhando para a porta de saída. Por sua vez, será necessário várias caras novas, apesar de que os reforços seriam  necessários independentemente da saída dos jogadores.

O regresso de Zlatan Ibrahimovic seria, sem dúvida, o tom para o resto do mercado de verão e agiria como uma declaração de suas intenções.

Se a aquisição não for concluída, o vice-presidente Adriano Galliani  deverá procurar soluções rápidas e mais ofertas de empréstimo para os jogadores não seria bom o suficiente para restaurar as glórias do passado. No verão passado foi tentado usar dinheiro para resolver o problema que não deu certo, e assim Berlusconi pode muito bem optar por manter seu dinheiro no bolso. Isso faz uma aquisição ainda mais crucial.

Other Articles

Leave a Reply