Apostas de Futebol com Betway

Nossa opnião: melhores, piores e mais surpreendentes da Euro 2016

Agora que o Euro 2016 chegou ao fim, refletimos sobre os altos e baixos do torneio.

Melhores Jogos

Itália x Alemanha: A abundância de drama, rivalidade adequada, treinadores top e seleções de tradição. O que mais você poderia querer?

Pais de Gales x Bélgica: vai ficar muito tempo na memória por muitos motivos: Foi inesperado, foi um triunfo do espírito de equipe e fez o narrador galês ir a loucura.

Alemanha x França: Do punhado de jogos que tiveram uma qualidade genuína, este foi de longe o melhor. Os anfitriões estavam afiados e perigosos cada vez que se aventuravam no ataque; os vencedores da Copa do Mundo controlavam o jogo, tendo mais posse de bola. O jogo foi decidido por dois gols tardios, mas isso não diminuiu o seu brilho.

O jogo das quartas de final da Alemanha contra a Itália também foi um dos jogos mais intensos do torneio.
O jogo das quartas de final da Alemanha contra a Itália também foi um dos jogos mais intensos do torneio.

Melhores gols

Xherdan Shaqiri vs. Polônia: Podemos falar sobre a importância dos gols que todos nós gostamos, mas quando você vê algo que improvável e espetacular, você deve ser recompensado.

Dimitri Payet x Romenia – O tempo estava se esgotando. A humilhação estava chegando. E então Dimitri Payet resolveu o jogo em um golaço sobre a Roménia na abertura. E é assim que devem começar torneios.

Luka Modric x Turquia – Um belo chute de primeira de Modric para a Croácia contra a Turquia que foi tecnicamente perfeito. Não o subestime a habilidade que ele tem para chutar uma bola descendo a esse tipo de altura.

Melhores Momentos

Islândia x Inglaterra: Os jogadores da Islândia comemoraram a classificação com sua torcida. A nação inteira acreditou no conto de 23 homens que, na verdade, não são tão diferentes deles. Isso o que define o futebol internacional.

Portugal x França: Quase todo o plantel Português correndo para o campo quando Eder marcou o gol no final. Foi pura alegria e, obviamente, preenchida com ainda mais significado por causa do que se tornou o momento mais famoso do torneio: a lesão de Ronaldo.

Portugal x Polônia: A interação de Ronaldo com João Moutinho antes dos pênaltis de Portugal. Foi uma forte evidência de espírito de equipe, unidade e um novo “Cristiano o verdadeiro líder”.

Chegando as quartas de final de seu primeiro grande torneio, a Islândia e seus fãs renderam muitos momentos mágicos.
Chegando as quartas de final de seu primeiro grande torneio, a Islândia e seus fãs renderam muitos momentos mágicos.

Melhores Jogadores

Antoine Griezmann: Não apareceu muito no jogo de abertura e na final, mas foi muito bem no restante do torneio. Sem ele, a França teria visto a final pela TV – simples assim.

Pepe: Uma descisão muito dificil; não havia concorrentes em destaque. Mas o desempenho de Pepe na final só poderia empurrá-lo para a pole position.

Maiores surpresas

Portugal: vencer o torneio, apesar de Cristiano Ronaldo ser destaque fora dos gramados por cerca de metade das partidas. Taxado de time de um homem só. Em uma era de superstars, este foi um triunfo coletivo.

Islândia: Tem que ser a Islândia, certo? Não apenas a sua vitória sobre a Inglaterra, mas por seu jogo duro por toda a fase de grupos, também.

País de Gales: Campanha incrível de País de Gales até as semifinais. Eles jogaram com tanto coração e fé misturando o talento de Bale e Ramsey com a disciplina dos outros. Eles também ofereceram duas das melhores performances do torneio contra a Rússia e Bélgica. E seus torcedores são incríveis, como a dança de Joe Ledley!

País de Gales não participava de um grande torneio desde 1958, mas surpreendeu muitos ao chegar às semifinais.
País de Gales não participava de um grande torneio desde 1958, mas surpreendeu muitos ao chegar às semifinais.

Maiores decepções

Didier Deshamps: Na semifinal e final. Sim, eu sei que ele venceu a Alemanha. Mas o esquema estava errado e a França sofreu muito mais do que eles precisavam.

Inglaterra: Inglaterra sangrenta. Eles sempre deixar você para baixo.

Zlatan Ibrahimovic: não choramingou, mas sua carreira internacional terminou zerada. A Suécia conseguiu dar um único chute no gol em três partidas da fase de grupos sombrios.

Other Articles

Leave a Reply