728x90_2-pt

Seleção precisa modernizar seu futebol

Pressiona o adversário quando perder a bola, arruma a posição da zaga, mantenha a posse de bola no ataque e deixe o adversário acuado em seu campo. Muito utilizadas no futebol moderno essas táticas podem ser que sejam mais utilizadas a partir de agora com Tite no comando da seleção. Na primeira oportunidade de treinar o elenco, o técnico já mostrou a que veio.

Tite estreia pelo Brasil em um jogo muito complicado contra o Equador. A Seleção não vence em Quito desde 1983; Pelas Eliminatórias, ficou no 1 a 1 em 2010 e perdeu por 1 a 0 em 2006 e 2002. Some a isso o fato de a equipe viver ótimo momento na classificação e ter grandes jogadores, como Enner Valencia, Miller Bolaños e Jefferson Montero. O empate, somado à vitória contra a Colômbia, garante um ótimo início de trabalho.

Ontem a tarde o treinador fez um treino bem pesado com os jogadores no Equador. O time ainda não estava completo, porém o tempo que teve com os jogadores a disposição o treinador aproveitou até o ultimo minuto.

As situações de perde e ganha, treinadas no campo reduzido, as jogadas de bola parada defensiva, com boa indicação de time titular, e por fim o trabalho de posicionamento e flutuação da linha de defesa com o meio-campista à frente, deram sinais claros de que o treinador vai apostar em pontos específicos para dar cara de time aos 11 escolhidos para quinta-feira.

Tenho meu palpite sobre esse onze inicial: Daniel Alves e Marcelo nas laterais; Gil como titular; Casemiro, Paulinho e Renato Augusto pelo meio e Neymar no ataque. Ainda existem posições vagas.

São apenas três treinos, logo, Tite não conseguirá passar todas suas ideias e conceitos. Mas pelo que pude perceber, vai trabalhar intensamente a questão defensiva e a recuperação rápida da bola, para uma consequente transição ofensiva eficiente. Provavelmente aposta que conseguirá, apesar do limitado tempo, dar cara de time à Seleção logo na estreia. A tática existe para potencializar as individualidades dos atletas.

Sei e espero que a seleção se modernize e comece a utilizar as novas táticas para poder crescer seu futebol. Porque mesmo com muitos pedindo a mudança, vemos que muitos ainda tem o preconceito de ver um estilo moderno na seleção.

Quanto maior o nível de conhecimento de todas as partes envolvidas no futebol, da imprensa aos treinadores, melhor será o debate e, naturalmente, a evolução do jogo. A Seleção Brasileira merece.

 

Other Articles

GIGANTES DA EUROPA EM DECADÊNCIA

Leave a Reply