728x90_b_

Análise – Dušan Tadić

Joga com a perna esquerda e sempre pelas laterais, com belos passes. Estamos falando de Dušan Tadić jogador da seleção da Servia com belíssimas atuações e que está no olhar de muitos apreciadores do futebol devido a sua enorme capacidade de criar chances de gol. Hoje iremos falar dele mesmo.

Nascido na antiga Iugoslávia, o camisa 11 iniciou sua trajetória nos campos do AIK Backa Topola, clube de sua cidade natal. Após um início de carreira e uma evolução dentro do esporte, chegou ao FK Vojvodina, clube do norte da Sérvia onde assinou o seu primeiro vínculo profissional como jogador de futebol, estreando na primeira divisão do campeonato sérvio.

O jogador desde então já dava mostras de que não era comum, seu primeiro jogo internacional foi contra o Austria Viena pelas preliminares da Liga Europa.

Mesmo tendo marcado seu gol, seu time foi eliminado em um placar de 5 a 3 somando os dois jogos. Alguns clubes perceberam seu talento e tentaram a contratação do jogador, assim ele conseguiu subir um pouco seu nível indo jogar no Groningen da Holanda.

(Jogando pelo FK Vojvodina, veja os primeiros jogos do jogador)

O seu visível potencial de crescimento e uma certa reputação em seu país lhe abriram as portas das grandes ligas europeias de futebol. Logo em sua partida de estreia contra o Ajax, o até então ponta-esquerda colaborou para a vitória com uma assistência, dando indícios do que era capaz de produzir. Ao fim do ano, Tadić contabilizou 7 gols marcados e 22 assistências em 41 partidas. Tais números renderam ao jovem jogador o posto de terceiro melhor ‘garçom’ da Europa, ficando atrás apenas de Messi (25 assistências) e Mesut Ozil (26 assistências).
Esse rápido crescimento e os bons números do jogador chamaram a atenção do Twente que gastou 8 milhões de euros na contratação do jogador. E mais uma vez ela não decepcionou, foi um jogador chave para a equipe e de quebra continuou distribuindo suas assistência, sua maior qualidade. Em 2013/2014 o jogador liderou as estatísticas em números de passes certos em toda a Europa, com 133 ele conseguiu deixar para trás jogadores como Hazard e Nasri.

dusan-tadic-southampton-estatisticas

 

 

Novamente, as boas atuações levaram Tadić a subir mais um degrau em sua carreira. Desta vez, o meia chegaria até o badalado Southampton, que vinha de uma excelente temporada sob o comando de Maurício Pocchetino. No entanto, o argentino deixou o clube. Para o seu lugar, Ronald Koeman foi chamado e contratou o meia para suprir a ausência de outra peça importante no time, Adam Lallana.
Lallana era peça chave nas táticas de Pochetino por causa de sua habilidade e por poder jogar em mais de uma posição. A transferência do jogador para o Liverpool deixou um buraco no meio campo, o técnico Koeman logo percebeu isso e colou Tadic na posição para comandar o meio campo da equipe. Ele foi a primeiro jogador contratado pelo treinador.

Já na sua temporada de estreia em território britânico, veio a titularidade ao lado de Mané e Pellé. O trio foi responsável por grande parte dos gols dos Saints na temporada que por pouco não alcançou a tão sonhada vaga na fase de grupos da Uefa Europa League. Tadić, novamente, figurou entre os três primeiros no quadro de assistências com 7 passes para gol.

Ao lado de Pelè, Tadic fez muito sucesso na ultima temporada
Ao lado de Pelè, Tadic fez muito sucesso na ultima temporada

Em sua primeira temporada pelo Southampton o jogador quase conseguiu uma vaga para a Liga Europa, mas no ano seguinte a tão sonhada vaga foi alcançada. O clube se reforçou e Ronald Koeman continuou no comando. O time do litoral da Inglaterra conseguiu então conquistar a vaga na Liga Europa e Tadic foi peça fundamental nesta conquista com 10 passes para gol no campeonato superando sua marca da temporada passada.

Como ele joga hoje?

A temporada atual, no entanto, começou de forma conturbada no St. Mary’s Stadium. A onda de transferências que tirou Pochettino, Lallana e Lambert dos Saints voltou a passar e desta vez carregou consigo o treinador Koeman e dois dos três principais jogadores ofensivos da equipe. Mané, negociado com o Liverpool e Pellé, negociado com o futebol chinês. Tadic, no entanto, permaneceu na equipe.
O substituto de Koeman foi Claude Puel que fez um bom trabalho no Nice da França. O treinador mudou algumas coisas no time e mudou a posição de Tadic tirando-o das laterais e centralizando o jogador para poder armar melhor as jogadas. Essa nova posição tem tudo a ver com o jogador que muitas vezes sobe para o ataque surpreendendo a defesa e ainda mais com sua bela visão de jogo e passe apurado. O jogador continua rendendo muito bem como meia armador e ainda continua sendo um dos principais jogadores no time de Claude Puel.

JOGOS PELA SELEÇÃO:

Hoje o jogador é um dos principais de seu país.
Hoje o jogador é um dos principais de seu país.

Jogador da seleção sérvia desde 2008, Dusan sempre dividiu as atenções com jogadores de carreiras consolidadas na Europa. No entanto, as passagens em alto nível pelo futebol holandês deram ao jogador mais destaque dentro da equipe. Atualmente, Tadic é peça fundamental dentro do esquema tático da equipe, sendo o jogador crucial para a criação de jogadas e oportunidades de gol, como nos clubes por onde passou.

Other Articles

Leave a Reply