Brazil_3_sports_728x90_BR

Schweinsteiger pode ser salvo por técnico Holandês

Não é segredo que Schweinsteiger vem vivendo um dos piores momentos de sua carreira no Manchester United, desde a chegada de José Mourinho ao comando da equipe. Ronald Koeman, porém, pode ser a solução para os problemas do meia já na próxima janela de transferências.

Segundo informa o jornal inglês “Daily Star”, o técnico do Everton gostaria de contar com o alemão no elenco de seu time. O holandês, porém, deverá tomar a decisão somente em janeiro, quando abre o mercado de inverno na Europa. Koeman busca reforçar seu meio de campo, já que James McCarthy está afastado por conta de uma lesão e Gareth Barry, com 35 anos, já cogita sua aposentadoria.

Schweinsteiger foi afastado da equipe principal por Mourinho. Na semana passada, o português permitiu que o jogador treinasse junto ao time, porém, o meio-campista segue fora dos planos do treinador. Com isso em vista, o United já sinalizou que estaria disposto a desembolsar R$ 40 milhões para que o alemão deixe o clube.

O problema para o Everton, no entanto, se encontra no salário do atleta: Schweinsteiger recebe aproximadamente R$ 720 mil por semana. Para contar com seus serviços, a melhor opção para o time comandado por Koeman seria um empréstimo, no qual o United assumisse parte do salário do jogador.

Bastian Schweinsteiger foi revelado pelo Bayern de Munique, clube onde jogou de 2002 a 2015, quando foi transferido para o Manchester United. Sob o comando de Mourinho, os red devils ocupam a sexta colocação do Campeonato Inglês, com 18 pontos. O Everton, empatado com o mesmo número de pontos, mas com um gol a menos, é o sétimo colocado.

Other Articles

Túnel de tempo: Aldair

Leave a Reply