Apostas de Futebol com Betway

Blog x YouTube x Instagram: Qual desses bomba mais no mundo do futebol?

Qual a melhor mídia digital da atualidade: blog ou YouTube?

Se colocarmos o Instagram nessa disputa, qual será o melhor canal para construir sua sua imagem no mundo do futebol em 2019?

Os blogs foram os queridinhos da internet entre os anos de 2010 e 2014.

Tanto que, no começo do Futebol no Planeta nós logo alcançamos 25.000 visitas em pouquíssimo tempo.

Porém, com a evolução das mídias, o aumento de relevância e, o número de redes sociais disponíveis, automaticamente a atenção das pessoas acabou diluída nos mais diversos meios de comunicação digital.

Assim, o blog deixou de ser praticamente a única mídia digital onde a conversa acontecia de forma interativa e rápida, via internet.

Com essa dispersão da atenção, muita gente começou a decretar o fim dos blogs e o surgimento da era das redes sociais, como se um fosse o substituto natural para o outro.

O que não passa de uma tremenda bobagem!

Alguns blogs realmente perderam parte da audiência, seja por escolha dos seus criadores, que passaram a focar muito mais nos seus outros canais.

No entanto, eu posso dizer que isso não aconteceu por aqui; muito pelo contrário. O Futebol no Planeta continuou a crescer e receber cada vez mais visitas orgânicas, totalmente gratuitas, vindas através de buscas por temas para os quais produzimos conteúdos de qualidade (e que são do interesse da nossa audiência).

São mais de 10 mil novas visitas todos os meses, pessoas que acabam por conhecer a marca Futebol no Planeta e que, depois de entrarem em contato com os nossos conteúdos, se tornam nossos clientes.

Tudo isso por causa do blog e dos mais de 200 artigos já publicados por aqui.

Portanto, por experiência própria, vou partir do princípio que todos os 3 canais digitais analisados nesse post são extremamente relevantes para quem quer construir uma reputação no mundo do futebol.

Dito isso, vamos responder algumas perguntas nesse artigo:

  1. Qual mídia digital é melhor para a construção de uma audiência engajada e fiel?
  2. Qual deles ganha a batalha no quesito monetização e possibilidade de gerar um negócio lucrativo?
  3. Qual canal é indicado para quem está começando a construir a sua presença digital?

Mídia Digital # 1: Blog

Só pelo fato de você estar aqui significa que o blog é um canal que tem um grande poder de atenção e retenção da audiência. Então vamos analisar as vantagens e desvantagens de se ter um blog:

SEU negócio na SUA mão

Para os introvertidos, a vantagem do blog é enorme, já que a exposição é muito menor do que no YouTube ou até mesmo no Instagram.

No blog você pode criar conteúdos muito mais aprofundados e detalhados, assim como é possível postar diversos formatos de conteúdo; incluindo os seus vídeos, para que eles possam ranquear tanto no YouTube e no Google.

Se estamos falando de conteúdos em texto, outra grande vantagem é poder consumi-los em qualquer lugar sem acabar com a franquia de dados móveis do seu visitante.

Também permite que você crie um banco de conteúdos que sobrevivem ao tempo, e que estão sempre relevantes, atraindo novas pessoas sem que você precise fazer nada para isso.

Outra vantagem de se ter um blog é o baixo investimento inicial para começar.

Tudo que você precisa é de um domínio, um serviço de hospedagem e, de preferência, um tema profissional para WordPress se você pretende ter um negócio digital ou usar seu blog como fonte de atração de clientes.

Com o blog, você tem o controle, toma as decisões e não fica vulnerável caso a rede social onde você construiu o seu negócio decida, de uma hora para outra, que aquele espaço não pertence mais a você.

Seu blog, suas regras, a maior vantagem de todas!

Como nem tudo é perfeito, com o blog não seria diferente

Os brasileiros não possuem o hábito de ler; ainda mais se falamos de textos mais longos. E, no geral, as pessoas estão menos pacientes e querem consumir informações mais rápidas.

Também, para atrair visitantes de forma gratuita, você terá que aprender a otimizar os seus textos para o Google, já que SEO não é opcional para um blog de sucesso. Imagens de qualidade e alinhadas ao conteúdo também são fundamentais.

Nem preciso mencionar o conhecimento da escrita e das normas gramaticais.

Conteúdos em texto geram uma conexão um pouco menor com a audiência, se comparados aos vídeos. Mas, a boa notícia é que você pode acrescentar os seus vídeos no seu blog para complementar a experiência do visitante e engajar ainda mais.

Mídia Digital #2: YouTube

segundo maior mecanismo de busca, apenas atrás do seu irmão Google, é o YouTube.

São 1.9 bilhões de usuários na plataforma atrás de conteúdos em formato de vídeo dos mais diversos assuntos: de culinária ao humor, de marketing a artesanato. Portanto, seja qual for seu nicho, o YouTube tem um lugar para você.

Assim como o blog, é possível criar conteúdos que serão relevantes ao longo do tempo; e que por isso vão sempre gerar tráfego e trazer novas pessoas até você.

Futebol no Planeta tem pouco de vida e já contabiliza mais de 2300 inscritos. O que faz com que essa também seja uma ótima forma de atingir uma audiência interessada nos assuntos que falamos, mas que não gosta de consumir conteúdos em texto.

Aliás, você está inscrito(a) no nosso canal? Se ainda não está, é só clicar nesse link.

Autoridade e conexão através de vídeos

A grande vantagem que enxergo na publicação de conteúdos visuais é a possibilidade de conexão com a audiência, que aumenta consideravelmente com o vídeo.

A personalidade do produtor de conteúdo fica muito mais em evidência, já que aqui você vê como a pessoa se comporta, como fala, qual a sua aparência e se ela tem algo em comum com você ou não.

O vídeo funciona quase como uma conversa ao vivo, por isso é um formato tão eficiente. Sem falar que é o formato de conteúdo do momento e essa tendência só irá crescer!

Mais investimento de tempo e dinheiro

Para ganhar relevância em um ambiente tão competitivo quanto o YouTube, investir na qualidade da produção audiovisual é essencial.

Capricho no cenário, iluminação, imagem e, principalmente no som, são requisitos básicos para qualquer pessoa que escolha o YouTube como mídia digital.

Também pode acontecer de, após todo esse trabalho, o conteúdo não ser entregue para 100% dos inscritos do seu canal. Pelo menos essa é uma queixa bastante frequente dos produtores do YouTube.

Assim como o blog, exige conhecimentos de SEO para YouTube para aparecer nas buscas feitas pelos usuários da rede.

O YouTube não é seu, logo você está sempre sujeito às mudanças e imposições da rede social e pode ser penalizado(a) ou até perder o seu canal se não cumprir alguma diretriz da plataforma.

Essa é, sem dúvida, a pior desvantagem de todas!

Mídia Digital #3: Instagram

O Instagram entrou nessa lista comparativa de mídias digitais apenas porque é, digamos, a rede social do momento. Inclusive na qual estamos investindo bastante agora em 2019.

Aproveito então para já convidar você para acompanhar os conteúdos exclusivos que publicamos no perfil do @futebolnoplaneta2 no Instagram.

O que antes era uma rede conhecida apenas por seus conteúdos visuais e de rápido consumo, tem virado uma ótima plataforma para profissionais dos mais diversos nichos, inclusive para produtores digitais.

Outra mudança que pode ser facilmente observada no comportamento de consumo de conteúdo por lá, tem sido a popularização dos famosos “textões”.

São quase como textos para blog, mas que acabam por gerar bastante engajamento; afinal, quem lê um texto mais extenso por lá, já mostra que possui maior interesse naquilo que você está publicando.

No entanto, não é só no feed que as publicações mais “densas” e em formato textual são relevantes.

Inclusive, os Stories em texto, ou no formato de vídeos com legenda, recebem um número maior de visualizações, justamente porque as pessoas nem sempre podem assistir aos vídeos com som. Ou preferem não gastar seu pacote de internet móvel com vídeos.

A mídia digital onde a sua audiência está (não importa qual seja ela)

A facilidade do uso da plataforma, tanto para consumo de conteúdo, quanto para produção, é a maior vantagem do Instagram.

Não é preciso investir em equipamentos profissionais, já que um celular com uma câmera de qualidade é mais que suficiente para atender o nível de exigência da audiência que está no Instagram.

A facilidade para fazer lives ou para produzir Stories, que justamente por serem conteúdos de natureza efêmera, e que vão sumir em 24 horas, torna desnecessário o nível de produção exigido pelo YouTube, por exemplo.

Já o conteúdo que vai para o feed pede um pouco mais de cuidado, mas ainda assim a agilidade na produção não se compara a um conteúdo para Blog ou YouTube.

O Instagram não é mais o mesmo

A entrega orgânica dos conteúdos publicados no Instagram já não é mais a mesma.

Mesmo que você tenha um número considerável de seguidores, nem todos terão acesso às suas postagens, especialmente as do feed, tornando necessário o investimento em anúncios para ampliar o seu alcance.

Para ganhar destaque no Instagram é preciso produzir uma grande quantidade de conteúdo e estar ativos nos Stories de forma diária.

Além de ter que produzir uma grande quantidade de postagens, as mesmas perdem relevância rapidamente, já que os Stories se perdem após 24 horas.

Veredito: qual mídia digital é a melhor?

Há aqueles que são extremamente tímidos, sentem-se muito desconfortáveis em se expressar oralmente e não suportam a ideia de falar para uma câmera.

Outros têm medo de receber críticas após a publicação do seu conteúdo.

Antes de considerar o formato de conteúdo ou a mídia digital que está em “alta”, vale avaliar em qual deles você se sente mais confortável.

Não adianta falar para um escritor talentoso que ele precisa começar a fazer vídeos se, em frente às câmeras, ele é um completo desastre.

Afirmar que alguém com facilidade para se expressar através da fala precisa tirar duas horas do seu dia para começar a escrever, sendo que, nessas mesmas duas horas, essa pessoa produz 4 vídeos com prazer e rapidez.

Autoconhecimento é tudo quando se trata de uma escolha como essa.

A verdade é que conteúdos em texto, áudio ou vídeos nunca irão perder relevância, apenas vão alternar a preferência das pessoas por conta do estilo de vida. Mas há espaço para todos.

Para quem está começando a construir a sua marca no meio digital, a melhor escolha é optar pelo canal e formato de conteúdo no qual você se sente mais à vontade.

Se você já conhece e usa o Instagram com frequência, mas não gosta de gravar vídeos, pode optar por produzir conteúdos em textos, que, como vimos, tem mostrado ser uma tendência na plataforma.

Já se o seu forte é vídeo, o Instagram pode ser o melhor canal para quem não quer investir em equipamentos e nem perder muito tempo na gravação e edição do conteúdo.

Caso esse não seja um problema, o YouTube é uma boa opção e ainda vai gerar um conteúdo que poderá trazer tráfego por anos e anos, já que o conteúdo continua relevante. Ao contrário do Instagram, que se perde após 24 horas no caso dos Stories.

Agora, se você não gosta de gravar vídeos, ou até gosta, mas quer ter o SEU espaço, aquele onde você dita as regras e tem maior controle, o blog é a sua pedida. Isso porque:

  • Você vai conseguir gerar uma fonte adicional de tráfego para os seus vídeos do YouTube se publicá-los na sua página;
  • Você gosta e/ou prefere produzir conteúdos em texto;
  • Se você não gosta, pode transcrever os seus vídeos e, assim, gerar uma fonte adicional de tráfego para o seu negócio;
  • Conseguirá direcionar os visitantes para páginas de vendas dos seus produtos ou serviços com maior facilidade.

O ideal é que sempre se diversifique as suas fontes de aquisição de tráfego, já que quanto mais pontos de contato você cria com a sua audiência, mais forte a sua marca fica.

Aqui no Futebol no Planeta nós usamos os 3 canais e temos ótimos resultados com todos eles. Mas não chegamos a esse estágio do dia para a noite, então escolha um único canal, fique bom ou boa nele e, somente depois acrescente o segundo à sua estratégia.

Assim, você conquistará resultados muito mais expressivos, vai manter a consistência (fundamental para qualquer dessas 3 mídias digitais) e irá colher os resultados do seu trabalho, seja em qual canal for.

Other Articles

Leave a Reply