Brazil_3_sports_728x90_BR

Jorge Jesus põe o Flamengo em “Oto Patamar”

Com Gabigol e companhia, ataque é um dos responsáveis pelo sucesso rubro-negro

O torcedor do Flamengo viveu um verdadeiro conto de fadas no ano de 2019.

Afinal, a equipe foi campeã da Libertadores de forma heroica, com direito a uma virada nos últimos minutos contra o River Plate.

Por isso, o dia 23 de novembro de 2019 vai ficar marcado para sempre na memória dos rubro-negros.

Além do mais, a equipe ainda foi campeã Carioca e do Brasileirão de 2019 com um desempenho muito acima da média.

Além disso, o Flamengo voou na temporada e sagrou-se campeão do Brasileirão com 16 pontos de vantagem para o Santos, segundo colocado.

E um dos responsáveis por tanto sucesso tem nome e sobrenome: Jorge Jesus, ou apenas, Mister!

Estilo de jogo europeu encanta no Brasil

Em apenas quatro meses Jorge Jesus revolucionou a forma de jogar do Flamengo e o transformou em um time quase imbatível

Idolatrado em Portugal, Jorge Jesus chegou com certa desconfiança da imprensa e da torcida pelo fator adaptação, tão falado no Brasil.

Entretanto o português caiu como uma luva no time rubro-negro, se tornando uma peça chave para tornar o Flamengo temido e muito forte.

Já no início do ano chegaram atletas como Rodrigo Caio, Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabigol, mas a equipe não engrenou com Abel Braga, que acabou substituído pelo Mister Jorge Jesus.

Além disso, chegaram peças-chave para o elenco rubro-negro vindos da Europa como os laterais Rafinha e Filipe Luís, o zagueiro Pablo Marí e o volante Gérson.

E com um pensamento europeu, ficou ainda mais fácil do Mister implementar seu sistema de jogo.

Com uma marcação alta, uma equipe ofensiva e sede de marcar gols, o Flamengo elevou seu patamar com o português no comando da equipe.

Flamengo passou a impressionar no Brasil e no mundo

Principal artilheiro da equipe, Gabigol falou sobre o Mister logo quando o português chegou ao Flamengo, revelando a força do clube rubro-negro.

A qualidade do Flamengo é muito grande. Não é de hoje. Já tem um grupo forte, e quem chegar vai nos fortalecer ainda mais. Serão muito bem recebidos. Nosso time é bom em todas as posições, acho que o Flamengo tem um pensamento europeu, sim. A gente vê aqui na academia, salários sem atrasar. Jogadores da Europa querem vir jogar aqui. Espero que a gente possa transformar tudo isso em títulos, afirmou Gabigol ao GloboEsporte

Além disso, a equipe alcançou uma projeção intercontinental, sendo cobertos diariamente pela imprensa portuguesa e acompanhada de perto por jornalistas de vários locais do mundo.

Elenco “europeu” é uma das chaves do sucesso de Jorge Jesus no Flamengo

Ainda passando por um processo de reformulação, o Flamengo esse ano investiu pesado… “200 milhões”, como afirma insistentemente Renato Gaúcho, e trouxe peças fundamentais para seu plantel.

Na verdade o clube apenas reinvestiu parte da grana que recebeu com as vendas de Vinícius Jr. (45 milhões de euros), Lucas Paquetá (38,4 milhões de euros), Jean Lucas (8 milhões de euros), entre outras.

Com esse dinheiro o clube pôde contratar jogadores que hoje são incontestáveis no plantel rubro-negro.

Além deles, dentre os titulares, apenas Rodrigo Caio (tem nacionalidade italiana e sempre é especulado em equipe europeias) e Willian Arão não atuaram fora do Brasil, o que deixa o time ainda mais cascudo e adaptável a novas filosofias de jogo.

Já Everton Ribeiro e Arrascaeta não jogaram na Europa, mas atuaram fora do Brasil.

Sede de gols e de futebol ofensivo

Trio composto por Gabigol, Arrascaeta e Bruno Henrique soma números impressionantes no ano.

Pegando apenas o Brasileirão como exemplo, o trio marcou 59 (25 de Gabigol, 21 de Bruno Henrique e 13 de Arrascaeta) dos incríveis 86 gols marcados do Flamengo.

Somando apenas os gols marcados apenas pelo trio, supera os gols feitos por 17 equipes do Brasileirão.

E para melhorar, o desempenho do Flamengo aumentou muito com a chegada de Jorge Jesus.

Logo em sua estreia no Brasileirão, Jorge Jesus viu seus comandados vencerem o Goiás por 6 a 1.

Depois disso, só perdeu para o Bahia e Santos, ambos fora de casa, terminando a temporada invicto no Maracanã.

Títulos alegram 40 milhões de rubro-negros

Embalados pelo 12º jogador, Flamengo está acostumado com estádio cheio e muita festa da torcida

Após 38 anos o Flamengo voltou a conquistar a América, e por pouco não conquistou novamente o mundo.

E de quebra, o Palmeiras não venceu sua partida contra o Grêmio na 34ª rodada, e o rubro-negro foi campeão do Brasileirão no domingo, sem sequer entrar em campo e em menos de 24 horas após conquistar a América do Sul.

E para finalizar, Jorge Jesus e seu plantel foram responsáveis por quebrar a zueira do “cheirinho”, e o Flamengo voltou a ser respeitado no Brasil e no mundo.

Agora a equipe tem o desafio de manter o ótimo desempenho de 2019, e para isso está indo com tudo ao mercado.

Até o momento já chegaram o zagueiro Gustavo Henrique, o volante Thiago Maia e os atacantes Michael e Pedro Rocha.

Além disso, outros reforços ainda podem chegar no Ninho do Urubu em 2020, deixando o plantel cada vez mais qualificado e pronto para novos desafios.

Other Articles

Leave a Reply