Apostas de Futebol com Betway

PSG enfim chega a uma final de Champions

Apesar de exercer uma supremacia na França desde a compra do time em 2011 pelo sheik Nasser Al-Khelaïfi, faltava algo para o PSG.

Se pegarmos apenas a era “pós-Nasser Al-Khelaïfi”, são incríveis 25 títulos, sendo 7 campeonatos franceses e 7 Copas da França.

No entanto, o principal objeto de desejo do sheik para o projeto do Paris Saint-Germain sempre foi claro: conquistar a Europa.

Para isso, o clube tem recebido muitos reforços para conquistar o principal objetivo do investidor e presidente do PSG.

Um pouco da história do PSG

Apesar de ser um clube novo, o PSG é um dos maiores campeões na França

Com 50 anos desde sua criação em 1970, antes de 2011 o PSG era apenas mais um clube francês.

Isso porque o time tinha como principais conquistas o campeonato francês (Ligue 1) 2 vezes e a Coupe de Ligue em 8 oportunidades.

Clube tradicional da capital francesa, o PSG já teve grandes craques em seus times como Raí, Pauleta, George Weah, Ronaldinho Gaúcho, Nenê, entre outros.

No entanto, é impossível falarmos sobre o Paris Saint-Germain sem dividirmos a época pré e pós a venda para o QSI (Qatar Sports Investments).

Comprado em 2011, o PSG passou de apenas um time tradicional para um clube de topo na França.

Já em sua primeira temporada como presidente do clube, o investidor Nasser Al-Khelaïfi trouxe grandes craques, demonstrando ambição em seu projeto.

Logo na temporada 2011/2012 chegaram Javier Pastore, Blaise Matuidi, Jérémy Menez, Thiago Motta, Diego Lugano e Kevin Gameiro.

Projeto ambicioso e vitorioso

Jogadores brasileiros ocupam protagonismo na história do PSG pós QSI

Com uma base montada a partir da temporada 2011/2012, o PSG não parou mais de investir, chegando a aproximados 1,3 bilhões de euros desde a compra do projeto pelo QSI.

Nas próximas temporadas chegaram alguns nomes importantes para o projeto do PSG, e entre erros e acertos, foi-se montando uma base sólida e vencedora.

Isso porque na temporada 2012/2013 chegaram Thiago Silva e Verratti, dois dos pilares dessa nova fase do Paris Saint-Germain.

Além deles, chegaram outros nomes de peso como Lucas Moura, Zlatan Ibrahimovic e Ezequiel Lavezzi.

Já nas temporadas seguintes outros grandes nomes foram sendo contratados como Marquinhos (2013/2014), Cavani (2013/2014), Dí Maria (2015/2016), Draxler (2016/2017), entre outros.

Com tanto investimento fora de campo, os títulos franceses foram apenas consequência e se tornaram rotina ao time mais rico de Paris.

Contudo, faltava o principal desejo do projeto de Nasser Al-Khelaïfi: UEFA Champions League.

Era Neymar no PSG

“Adulto” Ney ajudou o PSG a chegar a uma final inédita de Champions League

Com o intuito de conquistar de modo inédito a principal competição europeia, a famosa Champions League, o PSG precisava de algo a mais.

Para isso, a temporada 2017/2018 se tornou o grande divisor de águas sobre a verdadeira força de investimento do Paris Saint-Germain.

Afinal, o clube buscou ninguém menos que Neymar Jr. no Barcelona, tornando a compra de 222 milhões de euros a mais cara da história do futebol.

Além do “Adulto Ney“, na mesma temporada o clube ainda trouxe Kylian Mbappé junto ao Mônaco, formando um dos ataques mais poderosos do mundo.

Para fugir do fair-play financeiro, o Paris Saint-Germain agiu de forma inteligente e trouxe a promessa francesa inicialmente por empréstimo.

No entanto, na temporada 2018/2019 o clube pagou 145 milhões de euros para contratar em definitivo o francês Mbappé.

Dentro de campo a equipe cresceu e amadureceu muito, principalmente em qualidade e na continuidade do título.

Mas foi na temporada atual (2019/2020), que o PSG terá a sua principal chance de consolidar seu projeto.

Isso porque o clube comandado por Neymar e Mbappé chegou à tão sonhada final de Champions League, podendo vencer um título de forma inédita.

Acontece que do outro lado tem o poderoso Bayern de Munique, que também exerce uma hegemonia em seu país, a Alemanha.

E aí, será que na atual temporada o Paris Saint-Germain eleva o seu patamar e conquista a Champions?

Other Articles

Benfica de Jorge Jesus

Leave a Reply