Brazil_3_sports_728x90_BR

Benfica de Jorge Jesus

Um dos principais nomes do futebol brasileiro em 2019, o Mister Jorge Jesus voltou à sua terra natal.

Desta vez o desafio é comandar o Benfica, clube em que mais ganhou títulos, sendo 3 vezes campeão português e 5 vezes campeão da Taça de Portugal.

Contudo, a volta do Mister ao Benfica neste ano é cercada de muita expectativa.

Isso porque o treinador português volta em “outro patamar”, após ganhar quase tudo com o Flamengo em um ano de clube.

Mister Jorge Jesus retorna a Portugal com muitos títulos na bagagem

Se de um lado o torcedor rubro-negro se entristeceu com a saída de um dos melhores treinadores que já passaram pelo clube.

Grande parte dos benfiquistas celebraram o retorno de um Jesus que terá o papel de “salvador”.

Isso porque a última temporada do clube não foi lá das melhores, ficando em 2º lugar no campeonato português.

Além disso, os encarnados também amargaram o vice-campeonato na Taça de Portugal, perdendo para o Porto na final.

No entanto, o Mister só aceitou voltar se pudesse ter carta branca para montagem do elenco.

Novas peças para Jorge Jesus

Após uma temporada no futebol brasileiro, Jorge Jesus conheceu muitos jogadores, e acabou gostando de alguns deles.

Até por conta disso, o maior medo dos flamenguistas era que o Benfica fizesse a limpa no rubro-negro carioca.

Entretanto, até agora Jorge Jesus adotou uma estratégia diferente, contratando destaques dos rivais, como Everton Cebolinha do Grêmio e Gilberto do Fluminense.

Everton Cebolinha mal chegou e já foi para o jogo-treino do Benfica contra o Estoril

Mas se engana quem pensa que o olhar do Mister está só no futebol sul-americano.

Com a proposta de fazer o Benfica voltar a brigar nas cabeças, Jorge Jesus está concluindo bons negócios, aumentando a qualidade do plantel.

Até agora chegaram Jan Vertonghen junto ao Tottenham e Luca Waldschmidt, junto ao Freiburg, como principais reforços.

Contudo, nomes como Cavani, Robin Koch (Freiburg), Alen Halilovic (Milan) e Darwin Nuñez (Almeria) podem pintar no Benfica.

Além disso, alguns jogadores voltam de empréstimo e devem ser observados pelo Mister.

Como exemplos temos o meio-campo Filip Krovinovic, Diogo Gonçalves, Facundo Ferreyra e Dyego Sousa.

Esses movimentos mostram que podemos esperar um novo Benfica em 2020/2021!

Jeitinho do Mister começa a aparecer

Benfica já está se reforçando para atender às demandas de Jorge Jesus no clube

Ainda no início de temporada, Jorge Jesus já começa a mostrar uma nova filosofia de futebol.

Em jogo-treino contra o Estoril o clube meteu 4×1 e mostrou um DNA ofensivo e letal.

Além disso, alguns reforços já estrearam e o Mister dá sinais de que vai buscar potencializar o elenco atual com novas peças, mas trabalhar bem com as que tem.

A fórmula será a mesma usada no Flamengo, já que logo que chegou viu as carências do time e buscou reforços.

Para suprir essas demandas vieram Pablo Marí, atual jogador do Arsenal e Filipe Luís.

Da mesma forma que em 2019, a tendência é um Benfica atuante no mercado e com um novo modelo de futebol apresentado.

Na temporada atual seus principais objetivos serão o título do campeonato português e a disputa da Champions League.

Mas e aí, até onde o Benfica de Jorge Jesus pode chegar esse ano?

Other Articles

Chelsea vem forte

Leave a Reply